Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/06/19 às 18h08 - Atualizado em 18/06/19 às 19h15

Sejus comemora Dia do Orgulho Autista

COMPARTILHAR

 

Cerca de 500 alunos autistas, familiares, professores, profissionais das áreas da Saúde e da Educação, além de autoridades, participaram da celebração do Dia do Orgulho Autista, 18/06, na Mansão Catavento, em Brasília. O evento foi promovido pela Secretaria de Justiça e Cidadania do DF (Sejus).

 

Durante todo o dia foram ministradas palestras por autistas, pedagogos, psicólogos, psiquiatras e neuropediatras, enquanto as crianças e adolescentes se divertiram nos diversos brinquedos e em atividades infantis.

 

O Subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus, Juvenal Araújo, representou o Secretário de Justiça e Cidadania, Gustavo Rocha no evento. De acordo com o Subsecretário, foi um dia inesquecível e incrível para todos os participantes. “Dia de alegria e orgulho da identidade autista! ” Ele observou “a importância de formulação de políticas públicas para estas pessoas para promover autonomia, inclusão social e a melhoria da qualidade de vida e também de seus cuidadores e familiares”.

 

Para a Subsecretária de Políticas para as Crianças e Adolescentes, Adriana Faria, o evento pretendeu celebrar a atenção que o tema merece. “Um dia de muita brincadeira, interação e compartilhamento de experiências. A Sejus tem o compromisso com mais inclusão e com o respeito aos direitos dos autistas”, disse.

 

“O orgulho da neurodiversidade autista foi uníssono e o protagonismo autista ganhou destaque. Vamos continuar em parceria com todos os atores envolvidos, priorizando os autistas e seus familiares”, completou a Coordenadora do Programa DF Criança, da Subsecretaria de Políticas para as Crianças e Adolescentes, Lívia Magalhães.

 

TEA – O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é principalmente caracterizado por suas interações sociais únicas, formas não padronizadas de aprendizagem, forte interesse em assuntos específicos, inclinação a rotinas, dificuldades em formas típicas de comunicação e maneiras particulares de processar a informações sensoriais.

 

Existem diversos equívocos a respeito do Autismo, mas, o maior deles, sem dúvida, é o estigma que norteia o transtorno, gerando assim o preconceito impondo à família o maior de todos os desafios.

 

Estiveram presentes no evento o Secretário de Atendimento à Comunidade, Severino Cajazeiras, que representou o Governador Ibaneis Rocha; o Subsecretário do Sistema Socioeducativo, Demontiê Alves; o Administrador do Park Way, José Joffre Nascimento e o Secretário-Executivo do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA), Rokmenglhe Vasco.

 

Confira as fotos AQUI!