Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/04/18 às 17h34 - Atualizado em 30/10/18 às 14h59

Secriança divulga convocados do programa Brasília + Jovem Candango

COMPARTILHAR

 

A Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude divulga o resultado final dos selecionados para o programa Brasília + Jovem Candango. São 1600 nomes, sendo os 1400 primeiros para contratação imediata e os 200 demais para formação de cadastro reserva.

 

Os selecionados serão contatados pelas instituições sociais executoras do programa, Obras Sociais Jerônimo Candinho (OSJC) e Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi), a partir de sábado, 21 de abril, para comparecerem nas entidades a partir de segunda-feira, 23, com toda a documentação e comprovação dos requisitos do programa.

 

CONFIRA A LISTA – RENAPSI

 

CONFIRA A LISTA – OSJC

 

2ª CHAMADA ALA NORTE – OSJC

 

2ª CHAMADA ALA SUL – RENAPSI

 

Os critérios de seleção levam em conta questões como idade X série escolar, renda familiar e pontuação social, baseada em quesitos como ser participante do CADúnico, de Programas Governamentais de Erradicação do Trabalho Infantil, ser familiar em primeiro grau de vítimas/presos encaminhados pela FUNAP-DF, famílias que pertenciam ao Lixão da Estrutural, residentes do Paranoá Parque em situação de vulnerabilidade comprovada ou jovem oriundo de família acompanhada a mais de um ano pelo Conselho Tutelar.

 

Os selecionados serão contratados e farão o curso técnico de auxiliar de escritório. Será celebrado com o jovem, um contrato de aprendizagem, com prazo de dezesseis meses de duração, com carga horária semanal de 20 (vinte) horas, totalizando a carga horária de 1.280 horas, divididas entre atividades práticas e teóricas.

 

Os contratados terão direito a 2/3 do Salário Mínimo (cerca de R$636), vale alimentação de R$ 220,00, vale transporte, 13º salário, indenização de Férias e abono (o contrato não terá interrupção para o gozo das férias), seguro de vida, uniforme e crachá.

 

VAGAS – Os jovens que não forem selecionados dentro das 1400 vagas farão parte de um banco de vagas da instituição, podendo ser convocados quando houver a disponibilidade de novas vagas.

 

Do total de vagas, 65% são destinadas a jovens que atendam aos critérios de seleção exigidos; 15% são para jovens em cumprimento de medida socioeducativa; 5% para jovens em situação abrigacional/acolhimento; 5% para jovens atendidos pelo Programa Bombeiro Mirim do DF; 5% para jovens residentes em área rural do DF, no mínimo, há cinco anos; e 5% para pessoas com deficiência, a partir dos 14 anos.