Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/02/19 às 14h21 - Atualizado em 4/02/19 às 14h22

Parceria possibilita que jovens do sistema socioeducativo ingressem no mercado de trabalho

COMPARTILHAR

 

Com o objetivo de ampliar a inserção dos jovens no mercado de trabalho, a Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal criou parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPTDFT), Defensoria Pública (DPDF) e Tribunal de Justiça (TJDFT) para que os jovens do sistema socioeducativo sejam incluídos no programa de aprendizagem de empresas do DF. A abertura das atividades ocorreu nesta quinta-feira (30) em Brasília.

 

Até o momento, 98 jovens do sistema socioeducativo foram contratados por diferentes empresas. Eles irão realizar suas atividades em horário compatível com a jornada escolar e receberão salário e demais garantias previstas na lei de aprendizagem. No evento de abertura, estiveram presentes cerca de 100 jovens aprendizes, representantes das empresas contratantes, Sejus, MPTDFT e DPDF.

 

“A iniciativa se destaca não só como um marco no sistema socioeducativo do DF, mas também como referência na vida dos jovens beneficiados pelo programa que veem no trabalho um caminho para um projeto de vida afastado da criminalidade”, afirmou o subsecretário do Sistema Socioeducativo, Demontiê Alves.

 

Um dos palestrantes do evento foi o Embaixador da Juventude da Organização das Nações Unidas (ONU), Jeconias Vieira, que falou sobre sua história de vida e a época que passou pelo sistema socioeducativo. Em seu discurso, ele citou a importância da educação e do trabalho como caminhos para sair da violência e da vida infracional.