Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/02/19 às 18h01 - Atualizado em 11/02/19 às 18h01

Ceilândia recebe debate da Sejus sobre prevenção de gravidez na adolescência

COMPARTILHAR

Foto: Luiz Alves – Ascom/Sejus

 

O Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) de Ceilândia Norte recebeu na quinta-feira (7) uma programação voltada para adolescentes entre 12 a 15 anos sobre a prevenção da gravidez na adolescência. A atividade contou com a exibição dos vídeos do projeto ‘DiverSUS’ e serviu para subsidiar uma roda de conversas sobre a gravidez na adolescência. No evento foi feita a descrição de vários casos, com reflexões promovida pela equipe da Subsecretaria de Políticas para Crianças e Adolescentes, a pedagoga Nayara Ferreira e a assistente social, Adriane Brito.

 

O evento contou com cerca de 70 adolescentes, entre eles estavam alguns do núcleo de acolhimento de Ceilândia e seus devidos cuidadores. Durante as reflexões houve troca de informações em relação à conscientização e prevenção.

 

Esta programação foi mais uma iniciativa da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), por meio da Subsecretaria de Políticas para Crianças e Adolescentes, que reuniu parceiros para promover diversas ações para a conscientização e prevenção da gravidez na adolescência durante todo o mês de fevereiro. Estão sendo realizadas atividades de cunho preventivo e educativo buscando a construção de uma abordagem intersetorial do tema nos planos, programas, orçamentos e serviços do governo do DF.

 

Carta Compromisso 

 

De acordo com o Secretário de Justiça e Cidadania do DF, Gustavo Rocha, a Sejus compromete-se a atuar, realizando ações sistemáticas, consistentes e continuadas, ao longo do ano, visando a disseminação de informações sobre medidas preventivas e educativas que contribuam para a redução da incidência da gravidez na adolescência. Nesse sentido foi assinada uma Carta Compromisso para estabelecer as ações ao longo do ano.

 

”Nosso compromisso é promover a reflexão e conscientização, pautando outros órgãos do poder público para o enfrentamento desse importante problema de saúde pública, que inscreve o Brasil entre os países com maiores prevalências, sacrificando nossos adolescentes e o futuro da nação”, afirmou.

 

ALTLET

 

Na entrada  do Centro de Artes da Ceilândia foi montado um brechó, do projeto ALTLET, que nasceu da ideia de garotas da periferia se empoderarem. O Altlet foi montado como forma de sensibilizar e incentivar a criatividade e o consumo consciente.

 

A iniciativa também contou com apresentação de projetos realizados pelo Coletivo Filhas da Terra,  coletivo  feminino periférico que tem por objetivo fomentar a educação e conscientização ambiental no Distrito Federal.

 

A programação teve início com apresentação da cantora de rap do DF, Rebeca Realleza, com músicas que abordam o empoderamento feminino e danças e elementos do hip hop.

 

Legislação

 

A Lei nº 13.798/2019 acrescentou ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) um novo artigo, instituindo a data de 1º de fevereiro para início da Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência. A Sejus estendeu os debates em decorrência do alto grau de incidência.